Câncer em homem: conheça os 4 tipos mais comuns 

câncer em homem
5 minutos para ler

Saber quais são os principais tipos de câncer no homem é essencial para o direcionamento de intervenções mais eficazes para reduzir o impacto na população. Os tumores que podem, às vezes, apresentar comportamentos distintos, conforme as especificidades do corpo do paciente.

Tendo isso em vista, a proposta deste artigo é listar quatro tipos de câncer que são mais prevalentes no gênero masculino. Ressaltamos também a importância do diagnóstico precoce para aumentar as chances de controle e cura da doença. Acompanhe!

1. Câncer de pele não melanoma

O câncer de pele não melanoma ocupa o primeiro lugar entre os tumores que afetam a nossa população e a doença é mais prevalente em indivíduos acima de 40 anos.

A identificação desse tumor é simples: procure identificar manchas que coçam, descamam ou sangram. Também é comum sinais ou pintas que alteram a cor, o formato e o tamanho. Se essas cicatrizes demoram mais de 4 semanas para a cura, isso pode ser um indício desse tipo de câncer.

Ao perceber esses sinais, procure imediatamente uma unidade de saúde para realizar uma avaliação com um médico.

O câncer de pele tem relação direta com a exposição aos raios ultravioletas do sol ao longo dos anos. Especialmente no horário de 10 as 15 horas, a pele está em maior risco. O ideal é evitar a exposição nesses horários, utilizar filtro solar e se proteger com chapéus, óculos escuros e guarda-sol.

2. Câncer de próstata

No Brasil, esse tumor é o segundo mais comum na população masculina. A maioria dos casos acontece em homens acima de 60 anos de idade.

Trata-se de um tumor com comportamento diferente em cada paciente, podendo, em algumas situações, apresentar-se de forma lenta e indolente. É um tipo de câncer  em que está indicado a discussão com o médico sobre o rastreamento, ou seja, realização de exames para possível diagnóstico precoce. Isso pode ser feito com o toque retal associado ao exame de PSA no sangue.

Nos estágios iniciais da doença, esse tumor pode apresentar evolução silenciosa, o que faz com que muitos homens não apresentem sintomas. Sinais como dificuldade de urinar, dor na coluna e necessidade de urinar com mais frequência podem ser indicativos da doença.

Para reduzir o risco da doença, assim como de outros tipos de câncer, recomenda-se hábitos de vida saudáveis, evitar o sedentarismo e a obesidade.

3. Câncer no estômago

Também conhecido como câncer gástrico, é quarto tipo de câncer mais incidente em homens no país. Os sintomas mais comuns do câncer de estômago são perda de peso, cansaço, dor abdominal, perda de sangue nas fezes, entre outros. Náuseas, vômitos e desconforto abdominal persistente também podem estar presentes. Por isso, a avaliação diagnóstica é tão importante.

Uma dieta rica em vegetais crus, frutas cítricas e alimentos fibrosos é importante como fator protetor. Igualmente relevante é evitar o tabagismo e reduzir o consumo de bebidas alcoólicas

4. Câncer colorretal

É o tipo de tumor que afeta a parte final do intestino grosso (o cólon) e também o reto. É um câncer tratável e que apresenta grande percentual de cura, desde que seja detectado antes de se espalhar para outros órgãos do corpo. Isso torna o diagnóstico precoce primordial em relação ao sucesso do tratamento. 

Os sintomas mais comuns são  mudança no hábito intestinal, dor abdominal, gases ou cólicas fora do normal e sangramento nas fezes. Náuseas, vômitos e aumento da sensibilidade ou dor na região anal também são sintomas que exigem orientação médica o quanto antes.

A maioria desses tumores surgem a partir de pólipos. Pólipos são lesões benignas que costumam crescer na camada interna que recobre o intestino grosso. A identificação e a remoção cirúrgica dos pólipos é uma forma de proteção contra a doença. Desta forma a colonoscopia e a realização do exame de sangue oculto nas fezes são métodos importantes para o diagnóstico precoce da doença.

Igualmente relevante é a adoção de uma dieta mais equilibrada, pobre em açúcar e gordura e com menos produtos industrializados. Deve-se também evitar o consumo de bebidas alcoólicas.

Como você pôde perceber, para controlar a incidência do câncer em homem, o primeiro passo é a obtenção de um diagnóstico preciso da doença. Por isso, mediante o aparecimento de quaisquer sinais e sintomas suspeitos, busque ajuda médica o quanto antes.

Quer aprender um pouco mais sobre a doença? Confira o nosso conteúdo completo sobre câncer, os tipos mais comuns, sintomas e tratamentos!

Você também pode gostar

Deixe um comentário

Open chat
Marque sua consulta pelo WhatsApp!