A incidência do câncer no Brasil e as estimativas dos próximos anos

câncer no brasil
6 minutos para ler

Um estudo realizado pelo Inca (Instituto Nacional de Câncer) apontou a estimativa de cerca de 600 mil novos casos de câncer no Brasil para os anos 2018 e 2019. São números que mostram a importância da conscientização da população com relação à doença, principalmente pelo potencial de prevenção.

O câncer pode surgir em qualquer parte do organismo, mas alguns são mais comuns do que outros. Entre os mais frequentes estão o câncer de mama na mulher e o câncer de próstata no homem.

Mas você sabe por que o número de pessoas com alguns tipos da doença cresce ao longo dos anos? Quais são os fatores que influenciam esses novos casos? É sobre isso que falaremos neste artigo. Continue lendo para saber mais sobre esse assunto, as estatísticas de câncer no Brasil e ainda conheça os tratamentos disponíveis atualmente!

Os tipos de câncer mais comuns no Brasil

Todos os anos são registrados milhares de novos casos de câncer no Brasil. Essa é uma doença que não escolhe classe social, sexo ou idade. As alterações celulares que levam à formação dos tumores malignos podem acontecer em qualquer parte do organismo. No entanto, existem alguns órgãos mais sujeitos ao aparecimento da doença. A seguir listamos alguns deles para que você os conheça melhor!

Pele

O Inca aponta o câncer de pele não melanoma como o tipo mais frequente no Brasil. De todos os casos registrados no país, este corresponde à cerca de 30% dos casos. No entanto, os percentuais de cura são altos quando detectados precocemente e com o tratamento adequado.

Apesar de ser o mais difundido entre a população, esse tipo de tumor é aquele que apresenta a menor taxa de mortalidade. Por isso, apresenta-se como menos agressivo do que outros tipos de câncer. Apesar disso, também exige atenção, pois, se não tratado corretamente, causa mutilações e consequências mais sérias.

Próstata

Entre a população masculina o câncer de próstata é o segundo mais incidente, ficando atrás somente do câncer de pele não melanoma. Cerca de 75% dos novos casos registrados em todo o mundo ocorrem a partir de 65 anos, levando-o a ser considerado um câncer da terceira idade.

Embora uma parte significativa desses tumores cresça de forma lenta, alguns têm desenvolvimento rápido, podendo se espalhar para outros órgãos e levar à morte.

Mama

Depois do câncer de pele não melanoma os tumores que se formam na mama são os mais comuns na população de feminina. Existem diversos subtipos da doença, com desenvolvimento rápido ou lento. Por isso, esse câncer pode se manifestar de maneira mais ou menos agressiva.

De toda forma, também pode se espalhar pelo corpo e atingir outros órgãos, podendo levar à morte. Embora esse câncer seja mais comum em mulheres, os homens também podem desenvolvê-lo raramente (cerca de 1% de todos os casos).

Colorretal

O câncer colorretal envolve os tumores malignos que se manifestam no intestino grosso (cólon) e no reto (porção final do intestino). Assim como outros tipos de câncer pode se espalhar para outros órgãos.

É muito comum que o câncer colorretal se forme a partir de lesões benignas, que se desenvolvem na parede interna do intestino grosso, os chamados pólipos. Quando detectado precocemente, na maioria dos casos é possível fazer tratar com altas taxas de cura.

Pulmão

O câncer de pulmão é campeão de mortalidade em homens e mulheres. O seu aparecimento está intimamente relacionado ao hábito de fumar, na maioria dos casos. A cessação do tabagismo é, desta forma, uma maneira de prevenção muito importante.

Outros

Diversos outros tipos de câncer também não são raros na população brasileira:

  • esôfago;
  • estômago;
  • colo do útero;
  • tumores de cabeça e pescoço.

As estatísticas do câncer no Brasil

De acordo com um estudo publicado pelo Inca, o líder de incidência é o câncer de pele não-melanoma. Ele é seguido pelo câncer de próstata e de mama. Ainda segundo esse estudo, as regiões Sul e Sudeste concentram 70% do total de novos casos.

O que mais preocupa é que existe uma tendência de aumento de número dos casos de alguns tipos de câncer a cada ano. Isso significa que, conforme o tempo passa, a quantidade de pessoas diagnosticada com câncer no Brasil é maior. Mas você sabe por que isso acontece? A explicação está em diversos fatores, e um deles é o aumento da longevidade. 

Como as pessoas estão vivendo cada vez mais, existem maiores chances de desenvolverem os tumores malignos, seja em função da exposição aos agentes cancerígenos ou por causa do processo natural de envelhecimento, que leva a alterações orgânicas.

Além disso, os maus hábitos de vida são grandes causadores de câncer, uma vez que os tumores se relacionam com o tabagismo, sedentarismo, a ingestão de bebidas alcoólicas e dietas inadequadas, como aquelas com baixa ingestão de alimentos naturais, excesso de gorduras e industrializados.

A exposição aos agentes cancerígenos é outro fator que influencia a quantidade de novos casos de câncer no Brasil. Como exemplo podemos assinalar a excessiva exposição solar, mais uma vez o tabagismo, o uso crônico de hormônios na menopausa, à exposição à vírus carcinogênicos, dentre outros.

Os tratamentos de câncer no Brasil

Embora as estatísticas de câncer no Brasil apresentem números relativamente altos, felizmente, a população está cada vez mais consciente sobre a importância do diagnostico precoce da doença, embora ainda haja muito a melhorar.

Também surgiram novas tecnologias que auxiliam no diagnóstico do câncer quando está em fase inicial. Muitas dessas técnicas se popularizaram, favorecendo a aceitação do público. Esse é o caso da mamografia, que auxilia a identificar o câncer de mama em suas fases iniciais.

Após o diagnóstico, algumas modalidades de tratamento podem ser utilizadas:

  • quimioterapia;
  • radioterapia;
  • imunoterapia;
  •  hormonioterapia;

No campo dos tratamentos cirúrgicos, a medicina evoluiu ao longo dos últimos anos em direção a procedimentos menos invasivos e menos mutiladores aos pacientes. A cirurgia por vídeo ou por via robótica é uma realidade nos dias atuais, por exemplo.

É fato que os casos de alguns tipos de câncer no Brasil aumentaram nos últimos anos, mas muitos são passíveis de prevenção através de hábitos de vida saudáveis. O suporte de bons profissionais é essencial para isso. Realizar um tratamento em uma clínica especializada e com métodos modernos aumenta as chances de cura.

Gostou dessas informações? Então, assine nossa newsletter e receba outros temas interessantes em seu e-mail!

Você também pode gostar

Deixe um comentário

Open chat
Marque sua consulta pelo WhatsApp!