Esclareça as suas dúvidas sobre como surge o câncer

como surge o câncer
6 minutos para ler

A forma pela qual as principais doenças existentes se manifestam no organismo humano é tema de bastante curiosidade há muitos séculos, sobretudo se considerarmos os tipos de doenças, origens e desfechos diferentes. Pensando nisso, resolvemos escrever este artigo para esclarecer as suas dúvidas sobre como surge o câncer.

Definitivamente, trata-se de uma das enfermidades que mais gera medo e interesse, mas o fato é que com o aumento dos conhecimentos sobre o assunto, é possível apostar em medidas preventivas, favorecer o diagnóstico precoce, buscar tratamentos mais assertivos e muito mais. Então, continue sua leitura! 

Afinal, o que é câncer?

Por mais familiarizados que estejamos com a palavra câncer, já que é uma doença de alta prevalência na sociedade, é comum que não saibamos ao certo o que é a patologia em si. Trata-se, na realidade, de um grupo de doenças que se caracteriza pela multiplicação celular contínua e descontrolada.

Essa divisão impulsiva foge ao controle natural de morte programada das células que o nosso organismo tem: a apoptose. Com isso, o tumor passa a se disseminar e a invadir outros órgãos e tecidos, nas chamadas metástases. A ciência médica que aborda e estuda os cânceres é denominada oncologia e é o oncologista o médico que cuida do paciente oncológico

Como é o processo de formação do câncer?

Invariavelmente, o processo de formação de todo e qualquer tipo de câncer se dá por uma mutação genética da célula, ou seja, de um dano em seu DNA. Com essa modificação, é alterado o seu comportamento, fazendo com que a multiplicação se torne desenfreada, dando origem a outras células com problemas, ou seja, cancerosas. 

Esse processo é denominado carcinogênese ou oncogênese e pode levar anos ou até mesmo décadas para fazer com que um tumor se torne visível ou perceptível. Por isso, a adoção de medidas preventivas e a realização de acompanhamento médico constante é tão importante, pois a descoberta precoce torna as chances de cura consideravelmente maiores.

As neoplasias se formam lentamente e passam por diferentes fases. Primeiro, há o estágio de iniciação, no qual as células sofrem efeitos de agentes cancerígenos, provocando modificação nos genes. Depois, chega a etapa da promoção, onde elas se tornam propriamente malignas, de forma gradual, por meio do contato constante com o item causador.

Por fim, temos o estágio de progressão. É aqui que a multiplicação descontrolada toma forma e costuma culminar no surgimento de sintomas, que se manifestam de acordo com a localização, tipo, tamanho e muitos outros fatores. Na maioria das vezes, não é possível estabelecer o que deu origem à primeira mutação celular que deu origem ao problema.

O que pode levar ao câncer?

É preciso saber que o câncer pode ser causado por fatores externos e internos. Entretanto, como afirmamos, é muito difícil estabelecer uma causa direta e inexorável que seja apontada como motivo único para o surgimento da doença, embora existam correlações bastante evidentes, como a do tabagismo e neoplasias de pulmão

A grande questão é que o câncer se trata de uma enfermidade multifatorial, que depende de uma série de conjunturas para a sua instalação. Na realidade, células com mutações surgem de maneira recorrente no organismo de qualquer pessoa, mas elas são, via de regra, exterminadas pelo nosso sistema imune, no processo programado de apoptose.

Em alguns casos, a exposição constante a certas substâncias químicas, radiação ou determinados vírus, bem como desregulações hormonais, condições imunológicas enfraquecidas e mutações genéticas, por exemplo, podem atrapalhar esse mecanismo, iniciando ou promovendo as etapas necessárias para a formação de um ou mais tumores.

Quais os tipos e sintomas de câncer?

Vale ressaltar que os sintomas de câncer variam e, na grande maioria das vezes, esses sinais estão relacionados com doenças mais comuns e sem maior gravidade. No caso de um tumor, eles dependerão da localização e tipo, mas podem incluir protuberâncias anormais, cansaço inexplicável, perda de peso, sangramentos, hematomas, dor contínua e assim por diante.

Uma neoplasia pode surgir em qualquer parte do corpo, atingindo pessoas de todas as faixas etárias. São centenas de variantes do problema, que pode ocorrer na pele, pulmão, próstata, mama, colo do útero, estômago, esôfago, cérebro, pâncreas, testículos, ovários, tireoide, sangue, linfa, intestino, bexiga, boca, laringe, faringe, ânus, fígado e muito mais.

Como é feito o diagnóstico do câncer?

O diagnóstico do câncer costuma ser feito a partir da desconfiança em relação a alguns sintomas apresentados pelo paciente. Como dissemos, embora a prevenção seja sempre o melhor caminho, a medicina avançou muito na área de oncologia e os pacientes encontram, atualmente, um prognóstico muito melhor, sobretudo na detecção precoce.

O médico faz uma avaliação física detalhada e costuma pedir exames, tanto laboratoriais quanto de imagem, que podem incluir ultrassonografia, ressonância magnética ou tomografia computadorizada. No entanto, para saber se um nódulo é realmente maligno, é preciso fazer uma biopsia e o devido estudo anatomopatológico.

Quais os tratamentos mais indicados?

Os tratamentos mais indicados para um câncer também dependerão, mais uma vez, das características da doença, como localização, tipo, a presença ou não de metástases e do próprio estado de saúde do paciente. Em alguns casos, pode ser indicada até mesmo a cirurgia oncológica, para a retirada do tumor em um procedimento operatório.

Também é possível fazer o transplante de medula óssea em neoplasias que afetam as células sanguíneas, como a leucemia. No entanto, as opções mais recorrentes e conhecidas são a quimioterapia, baseada no uso de medicações que atuam destruindo células cancerosas, e radioterapia, que faz o mesmo por meio de radiação ionizante direcionada.

Se você chegou até aqui, você já sabe como surge o câncer e aprendeu bastante sobre o curso da doença. Sendo assim, não abra mão de um acompanhamento médico e de hábitos saudáveis de vida.

Se você tem alguma suspeita de câncer ou se algum familiar foi diagnosticado com a doença, saiba que a Oncomed BH oferece o melhor acolhimento durante todo o período de tratamento. Entre em contato conosco e agende a sua visita!

Você também pode gostar

Um comentário em “Esclareça as suas dúvidas sobre como surge o câncer

  1. Minha sobrinha tem varias manchas na pele marron no corpo todo e são volumosas e parece ter água dentro, acho que é doença neurológica isso começou a aparecer nela depois que sua mãe sofreu um acidente e ficou um mês em coma e ela entrou em depressão na época fez um tratamento e a doença ficou adormecida por muitos anos mas agora ela na idade de 27 anos ela sofreu uma decepção com o pai, ela fazia faculdade pelo fiéis mas de três em três meses tinha que pagar uma certa quantia de dinheiro que era só os juros no valor de 60 reais e o pai dela era encarregado de fazer o pagamento mas ele fingia queia no banco depositar o dinheiro e roubava o dinheiro e colocava de gasolina na sua moto ai o fieis cancelou seu curso alegando que se ela não pagava essa pequena quantidade não pagaria o fieis depois de formamado que era valor maior sabendo ela que perdeu o curso por culpa do proprio pai ela entro em depressão de novo e as manchas só aumentava e agora saiu uma entre a coluna ena região da nuca e essas doi, e vai ter que fazer cirurgia e quimioterapia e a fibrimialgia também voltou com tudo já perdeu os movimentos da mão.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Marque sua consulta pelo WhatsApp!