Entenda a importância do Dia Internacional da Tireoide!

dia internacional da tireoide
3 minutos para ler

Você sabia que a tireoide é uma glândula indispensável para o bom funcionamento do organismo? Sem ela, diversas funções estariam prejudicadas. Por isso, foi criado o Dia Internacional da Tireoide.

Com essa celebração, é possível aumentar a visibilidade para o cuidado com a saúde da glândula. Saber reconhecer os sintomas que sugerem irregularidade pode direcionar a um tratamento precoce efetivo contra os problemas.

De uma simples insônia até a queda de cabelo, tudo isso pode ser indicativo de condições tireoidianas. Então, continue a leitura e fique por dentro do assunto!

Saiba qual é o Dia Internacional da Tireoide

No ano de 2008, foi estabelecido que o dia 25 de maio representa o Dia Internacional da Tireoide. A glândula se localiza na região anterior do pescoço, logo abaixo do que é popularmente conhecido como “gogó”.

Ela é responsável pela produção de hormônios que regulam o metabolismo como um todo. Assim, influencia funções vitais cardíacas, hepáticas, renais e até cerebrais. Praticamente tudo no organismo tem relação com a glândula!

Com isso, já dá para entender a importância de detectar o quanto antes algum problema com ela, não é mesmo? As condições podem acontecer em qualquer idade. Desde as crianças até os idosos devem estar atentos às possíveis irregularidades.

Descubra quais doenças estão associadas à tireoide

Os problemas tireoidianos podem ser funcionais ou anatômicos. Considerando primeiro os funcionais, eles estão relacionados com a liberação de hormônios.

No caso do hipertireoidismo, por exemplo, existe uma alta produção dos hormônios T3 e T4. Assim, é comum observar maior irritabilidade, dificuldade para dormir, aumento do apetite, dentre outros.

No hipotireoidismo, por sua vez, existe uma diminuição de hormônios e queda do metabolismo. Portanto, os sintomas incluem sonolência, diminuição do apetite, ganho de peso, pele seca e muitos outros.

Já as alterações anatômicas são representadas, principalmente, pelas nodulações. Na grande maioria dos casos, são nódulos belignos e, mesmo quando há câncer, o prognóstico costuma ser bom quando bem manejado.

Veja quais os sintomas do câncer de tireoide

Quando se trata de tumores de cabeça e pescoço, o câncer de tireoide é o mais comum da região e a prevalência é três vezes maior em mulheres. Inclusive, podemos citar como exemplo a atriz Carla Diaz, que enfrentou esse tipo de câncer em 2020.

Embora a nodulação seja um sinal característico, ela nunca deve ser considerada de maneira isolada. Isso porque, na grande maioria dos casos, ela é benigna. Porém, requer mais atenção se for acompanhada de outros sintomas e apresentar rápido crescimento.

Além disso, o aumento do tumor pode comprimir estruturas localizadas ao redor da glândula. Então, rouquidão e falta de ar também podem ser relatadas.

Viu só como o Dia Internacional da Tireoide é essencial para esclarecer sobre a saúde da glândula? Além de destacar os problemas, é preciso considerar medidas de prevenção. Se você tem história familiar do câncer em questão ou se já passou por radioterapia na região cervical, redobre a atenção! Diante de uma suspeita, não deixe de procurar avaliação médica!

Gostou do conteúdo? Curta nossa página no Facebook e acompanha mais informações sobre saúde!

Você também pode gostar

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Marque sua consulta pelo WhatsApp!