Afinal, o que é o Dia Nacional e Internacional do Idoso? Entenda!

dia nacional e internacional do idoso
3 minutos para ler

Chegar à terceira idade pode ser bastante desafiador na vida de qualquer pessoa, uma vez que esse é um período no qual, via de regra, ocorre a aposentadoria do trabalho, temos um declínio na saúde e precisamos tomar alguns cuidados essenciais. Exatamente por isso, preparamos este artigo para explicar o que é o Dia Nacional e Internacional do Idoso e a sua importância.

Trata-se de uma data comemorativa que tem o objetivo de nos relembrar que é possível ter um envelhecimento saudável e ativo, reforçando que o público que se encontra em uma faixa etária mais avançada merece respeito e reconhecimento. Quer aprender mais sobre o assunto? Então, continue lendo o post!

O que é o Dia Nacional e Internacional do Idoso?

Ao redor do mundo foram estabelecidas datas comemorativas para celebrar as pessoas que se encontram em faixas etárias mais avançadas e relembrar os cuidados necessários para que as pessoas mantenham sua saúde, dignidade e bem-estar conforme envelhecem.

No Brasil, o Dia Nacional do Idoso, estabelecido pelo Senado Federal em 1999, é comemorado em 27 de setembro. A data teve inspiração na Organização das Nações Unidas (ONU), que instituiu 1º de outubro como o Dia Internacional do Idoso, ainda no ano de 1991. A ideia era sensibilizar a sociedade quanto a questões relacionadas com as necessidades dessa população, buscando melhores condições por meio de iniciativas públicas e privadas.

Por que o Dia Nacional e Internacional do Idoso é essencial?

A Organização Mundial da Saúde (OMS) considera como idosas as pessoas acima dos 65 anos em países desenvolvidos, enquanto, nos países em desenvolvimento, essa idade cai para 60 anos. O Dia Nacional e Internacional do Idoso, portanto, é essencial para chamar a atenção para as necessidades, demandas e anseios desse grupo de pessoas.

A existência de desigualdades, por exemplo, pode minar a qualidade de vida da população que se encontra em tal faixa etária. Então, a data comemorativa é uma tentativa de estimular um melhor aproveitamento das experiências e do aprendizado dos cidadãos mais velhos, promovendo proteção social e relembrando que os cuidados de saúde são ainda mais relevantes para eles.

Quais são as doenças mais comuns em idosos?

Os idosos são mais acometidos por praticamente todos os tipos de doenças crônicas e agudas, sendo uma população mais vulnerável e que demanda cuidados mais intensos. Isso inclui, por exemplo, patologias de origem vascular, como infartos agudos do miocárdio, tromboses venosas profundas, embolias pulmonares e acidentes vasculares cerebrais.

O mesmo vale para diabetes, osteoporose, pneumonias e insuficiência cardíaca. Outro quadro que causa medo nos mais velhos e tem maior incidência em faixas etárias mais avançadas é o câncer. Por isso, a realização de exames periódicos e consultas regulares com um médico de confiança são imprescindíveis, podendo conferir um prognóstico muito melhor.

Como você pôde ver, o Dia Nacional e Internacional do Idoso tem o intuito de defender essa população, relembrando sobre a importância de incluí-los na sociedade e de tomar cuidados mais intensos com a saúde.

Gostou de aprender o que é o Dia Nacional e Internacional do Idoso? Quer conferir mais conteúdos como este? Então, não deixe de seguir nossas páginas no YouTube, Instagram e Facebook!

Você também pode gostar

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Marque sua consulta pelo WhatsApp!