Como ter um envelhecimento saudável? Veja 7 dicas!

envelhecimento saudável
6 minutos para ler

Nos últimos anos, as pessoas estão se preocupando cada vez mais em “combater o envelhecimento”. No entanto, o que se percebe é um aumento no consumo de cosméticos rejuvenescedores e de outros produtos que funcionam apenas de forma superficial. Para ter um envelhecimento saudável, porém, é necessário adotar uma rotina de cuidados diários.

Na verdade, a primeira coisa a se fazer é entender que envelhecer não é um problema ou uma doença. Trata-se de um processo natural, pelo qual todos devem passar. A diferença é ter a consciência de que ele pode ser mais tranquilo e que as pessoas podem ter mais saúde nessa fase da vida.

Assim, o mais importante é buscar qualidade de vida e bem-estar, desde a juventude até a terceira idade. Para ajudarmos, neste post, daremos 7 dicas de como ter um envelhecimento saudável. Confira!

1. Mantenha uma alimentação saudável

A alimentação é um dos pontos mais importantes para qualquer pessoa, de todas as idades, que queira cuidar da saúde. Afinal, é por meio dela que adquirimos os nutrientes necessários para o bom funcionamento do organismo e as substâncias que contribuem para o rejuvenescimento natural.

Dessa forma, é preciso manter um equilíbrio entre as porções de carboidratos, proteínas e gorduras, dando preferência para as de origem vegetal e insaturadas. Também é necessário consumir boas quantidades de frutas, verduras e legumes, que fornecem as vitaminas, as fibras e os sais minerais que regulam as funções do corpo.

Além disso, é importante incluir na dieta alguns alimentos chamados funcionais, ou seja, que têm benefícios agregados. Um bom exemplo são os antioxidantes presentes em algumas frutas cítricas, que contribuem para evitar doenças relacionadas ao envelhecimento.

2. Pratique exercícios físicos regularmente

Outra dica para ter um envelhecimento saudável é praticar atividades físicas, como caminhar, correr e pedalar, e exercícios, como a musculação. Manter-se ativo é uma das principais maneiras de evitar doenças cardiovasculares, responsáveis pelo maior número de mortes no mundo e que trazem uma grande perda para a qualidade de vida dos idosos. Sem contar que é possível ter mais disposição para as atividades do dia a dia, reduzindo o cansaço e as dores pelo corpo.

Para tanto, é necessário haver uma regularidade, praticando exercícios cerca de uma hora por dia, quatro a cinco vezes por semana. Do contrário, a falta de continuidade pode levar a uma sobrecarga no organismo, algo semelhante a quem exagera na intensidade e na quantidade de exercícios.

3. Beba bastante água

A água é o principal regulador do organismo, controlando o metabolismo, a temperatura corporal e a respiração celular, entre outras funções. Assim, é necessário consumir boas quantidades de água ao longo do dia — cerca de dois a três litros, dependendo das necessidades de cada um.

É bom lembrar que o envelhecimento está diretamente ligado à perda de água pelas células. Por isso que a pele fica com aquela aparência mais ressecada. No entanto, isso acontece em todo o corpo, daí a importância de se manter hidratado.

O melhor é ingerir a água natural. Porém, em menores quantidades, ela pode ser substituída por água de coco, sucos de frutas e chás. O mais importante é não deixar de beber água sempre que sentir sede.

4. Evite situações de estresse

Quando ficamos estressados, o organismo libera um hormônio chamado cortisol, que contribui para o envelhecimento. Com o tempo, o excesso dessa substância pode levar a diversas doenças associadas à velhice, como reumatismos. 

Desse modo, é melhor evitar situações de estresse, procurando equilibrá-las com momentos de lazer e de relaxamento. No entanto, é bom destacar que não estamos falando do estresse crônico, pois esse deve ser devidamente tratado com ajuda profissional.

5. Durma bem todos os dias

A insônia é um dos principais inimigos do envelhecimento saudável. Isso porque é enquanto dormimos que o organismo se recupera, fortalecendo a imunidade e restaurando o metabolismo.

Pelo contrário, quando não dormimos bem, a tendência é de que o nosso corpo fique cada vez mais cansado e que tenha mais dificuldade para se recuperar. E isso gera mais mal-estar ao longo do dia, dificuldade de concentração e estresse, que só levam a problemas de saúde.

Por isso, o ideal é dormir bem todas as noites, por cerca de sete a oito horas. Não adianta tentar “compensar” o sono perdido na noite anterior, pois o organismo vai precisar de muito mais tempo para se recuperar.

6. Tenha uma vida social ativa

A verdade é que o ser humano é um ser social. As relações e as interações com as outras pessoas nos fazem bem, ajudam a relaxar e a evitar o estresse. E isso é válido em todas as fases da nossa vida, mas, principalmente, na terceira idade. 

Infelizmente, ainda é comum a ideia do idoso recluso e sozinho. No entanto, o convívio com as pessoas é fundamental para manter a saúde em dia. Por isso, faz bem conviver com a família, falar com os amigos e participar de atividades em grupo. Mesmo quando não for possível, uma conversa pelo telefone já faz muita diferença.

7. Faça exames de rotina

Todas essas dicas são essenciais para um envelhecimento saudável. Porém, é fundamental monitorar o estado de saúde frequentemente, por meio de exames de rotina. Para tanto, é bom fazer um check-up médico todos os anos.

Assim, se houver qualquer problema, como um câncer, o médico pode indicar um tratamento precoce e resolvê-lo o quanto antes. Caso exista alguma condição crônica e mais grave, o ideal é fazer esse monitoramento a cada seis meses.

Exames que avaliam o coração e a capacidade cognitiva do cérebro não podem ficar de fora, uma vez que as doenças cardiovasculares e as degenerativas tendem a aparecer com o aumento da idade. Mas outros testes também devem ser feitos de acordo com a necessidade de cada um e conforme as recomendações do médico.

Além de seguir essas dicas, um envelhecimento saudável também depende de boas escolhas todos os dias. Portanto, é fundamental procurar evitar aquilo que faz mal a você, independentemente do que seja, e maus hábitos, como o tabagismo, que só trazem prejuízos à saúde. O bom mesmo é buscar ser feliz, ter mais qualidade de vida e se sentir cada vez melhor. 

Gostou dessas dicas para ter um envelhecimento saudável? Quer ver outras de como ter mais saúde? Então, leia também o artigo sobre a importância de um check-up médico e quando fazê-lo!

Você também pode gostar

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Marque sua consulta pelo WhatsApp!