O impacto psicológico do diagnóstico de câncer na família

impacto psicológico do diagnóstico de câncer na família
4 minutos para ler

Há várias formas de reduzir o impacto psicológico do diagnóstico de câncer na família. Porém, todos precisam ter em mente que é necessário aprender a compartilhar os eventuais problemas que podem surgir mediante a descoberta do câncer.

A família tem um significativo papel nos cuidados com o paciente. Nesses momentos delicados, ela atua como um importante alicerce para proporcionar o conforto emocional necessário à superação da doença.

Quer saber mais? Entenda como é possível lidar com esse diagnóstico e como o apoio dos familiares pode influenciar positivamente os resultados do tratamento. Saiba o que fazer para melhorar o impacto psicológico da notícia, vencer esse momento tão delicado e restabelecer a saúde. Boa leitura!

Qual a melhor forma de lidar com esse momento?

O impacto da confirmação de um diagnóstico de qualquer doença grave atinge, não somente o paciente, como todas as pessoas que compõem o círculo familiar dele. Nesse contexto, torna-se essencial buscar alternativas para aprender a lidar com o câncer de forma positiva.

Nessas circunstâncias, o paciente pode ficar extremamente abalado e com a sensibilidade à flor da pele. Mediante isso, ele precisa do apoio dos familiares para evitar que a descoberta do câncer resulte em um desequilíbrio familiar. Isso exige a adoção de medidas e de atitudes que possam favorecer a adaptação a essa nova situação. 

Logo, o paciente e seus familiares precisam encontrar alternativas para que esse choque inicial seja transformado em atitudes benéficas e construtivas. Ou seja, enfrentar a doença unidos para que seja possível encontrar caminhos que conduzam a resultados favoráveis à superação da doença e à redução dos impactos negativos a ela associados.

Como reduzir o impacto psicológico do diagnóstico de câncer na família?

Uma das melhores formas de minimizar o impacto psicológico do diagnóstico de câncer na família é priorizar a boa comunicação. Manter diálogos abertos e transparentes pode ajudar a amenizar a sensação de negatividade associada ao diagnóstico.

Nessa proposta, compartilhar as dificuldades do tratamento possibilita encontrar, juntos, uma solução viável para contornar o problema. Além disso, listamos algumas sugestões que podem ser úteis nessas situações. Confira!

Obtenha mais informações sobre a doença

O enfrentamento de um diagnóstico de câncer fica mais difícil se a pessoa diagnosticada ou seus familiares não souberem nada sobre as características ou o comportamento da doença. Nessa situação, a tendência é o surgimento de sensações de desespero, e que podem refletir negativamente sobre os resultados do tratamento.

Por isso, quando houver a confirmação diagnóstica de um tumor — independentemente de ser benigno ou maligno — o ideal é procurar obter o máximo de informações sobre a doença. Conhecer um pouco sobre a especificidade de certos tipos de câncer é importante para enfrentar a doença com mais calma e tranquilidade.

Busque ajuda multidisciplinar

Além do apoio da família, contar com um suporte de uma equipe multidisciplinar pode facilitar a luta contra o câncer. Buscar orientação e conversar sobre os novos tratamentos e as possibilidades de combinação de diferentes modalidades de terapias é fundamental à manutenção da qualidade de vida do paciente.

Cuide da saúde emocional

Tão importante quanto o tratamento para a recuperação do órgão afetado pelo tumor é o cuidado com a saúde emocional. Manter a estabilidade psicológica é primordial para evitar que a defesa imunológica seja prejudicada. 

Percebe-se, por fim, que o paciente necessita de um suporte profissional adequado e da atenção e carinho da família enquanto durar o tratamento. Desse modo, é possível diminuir o impacto psicológico do diagnóstico de câncer na família e conseguir vencer a batalha contra essa doença.

Gostou deste artigo? Então, que tal assinar a nossa newsletter e receber mais conteúdos como este em seu e-mail?

Você também pode gostar

3 thoughts on “O impacto psicológico do diagnóstico de câncer na família

  1. Parabéns pelas excelentes explicações e que continuem com novas postagens esclarecedoras sobre vários assuntos na área da saúde, pois eu que já passei por isto é tudo explícito neste informativo

Deixe um comentário