Como a Oncologia atua na prevenção, no diagnóstico e no tratamento do câncer?

oncologia
3 minutos para ler

Em nosso país, os números do câncer exigem a busca de intervenções que possam amenizar os impactos dessa doença e proporcionar melhores resultados durante o tratamento. Nessa perspectiva, conhecer a importância da Oncologia é essencial para a o diagnóstico e para a escolha do método terapêutico mais adequado ao paciente.

Nessa perspectiva, vamos apresentar o papel da Oncologia na prevenção, no diagnóstico e no tratamento do câncer. Destacaremos, também, o papel do oncologista na avaliação diagnóstica e no acompanhamento do paciente em todas as etapas que envolvem a recuperação da doença. Boa leitura!

Qual o papel da Oncologia?

A Oncologia trabalha focada na prevenção e na promoção da saúde. O principal objetivo é tratar pacientes com tumores, controlando a expansão da doença e melhorando a sobrevida, o bem-estar e a qualidade de vida do paciente. Nos casos de pacientes com doenças consideradas incuráveis, o foco é em medidas que assegurem o conforto e o alívio da dor.

Em linhas gerais, a Oncologia trabalha focada nos aspectos que serão elencados abaixo. Confira!

Prevenção

Existem duas formas de prevenção ao câncer. A primária é quando se evita a exposição aos fatores de risco para o desenvolvimento do câncer, como o tabagismo. Já a prevenção secundária é aquela em que exames de rastreamento são realizados com o intuito de se descobrir um câncer em suas fases iniciais e aqui que o Oncologista pode atuar.

Diagnóstico

A história clínica dos pacientes ajuda bastante no diagnóstico: é preciso ouvir e perceber, com atenção, cada detalhe referido e associar os sintomas que podem apontar para o câncer. Os mais evidentes são a perda repentina de peso, a fadiga, a anemia inexplicada e a febre de origem desconhecida. No entanto, a confirmação do diagnóstico depende de ferramentas de exames específicos, como biópsia, que permite a análise laboratorial de parte do tumor.

Tratamento

O tratamento do câncer exige a combinação de diferentes métodos terapêuticos, como quimioterapia e radioterapia, a depender do histórico do paciente, localização do tumor e do próprio tumor. Cada caso tem suas características distintas e pode ser necessário a utilização de mais de um método para o tratamento

Quais as responsabilidades de um oncologista?

O oncologista é o profissional responsável pela escolha do tratamento mais adequado à condição do paciente. É esse médico quem identifica as necessidades do doente, coordena todo o trabalho multidisciplinar exigido ao longo do tratamento e que o encaminha para a realização dos procedimentos específicos ou mesmo para o acompanhamento psicológico.

Por fim, a função da Oncologia está baseada em estratégias que objetivam a diminuição do avanço do câncer ou sua remissão, por meio de um tratamento contra o câncer individualizado.

Quer mais informações sobre tratamento de câncer? Entre em contato com a Oncomed BH e conte conosco para o que precisar!

Você também pode gostar

Deixe um comentário

Open chat
Marque sua consulta pelo WhatsApp!