Outubro rosa: entenda a importância da prevenção ao câncer de mama

outubro rosa
6 minutos para ler

Deixar os principais pontos da cidade com uma iluminação rosa e distribuir laços e fitas da mesma cor para a população — assim acontece no outubro rosa, campanha já consolidada no Brasil e no mundo, que tem como missão conscientizar a população a respeito do diagnóstico precoce do câncer de mama e também celebrar a luta de muitas mulheres contra a doença.

Quer entender melhor o que é o outubro rosa, os objetivos desse movimento e por que as ações preventivas do câncer de mama são tão importantes? Então, acompanhe nosso post e veja também como fazer o diagnóstico precoce da doença!

O que é o outubro rosa?

É um movimento celebrado durante todo o mês de outubro em vários países para alertar sobre a importância do diagnóstico precoce do câncer de mama, com a realização do autoexame das mamas e da mamografia. A ideia é aumentar as taxas de cura da doença.

A iniciativa surgiu nos Estados Unidos, em 1990, com a primeira corrida pela cura do câncer de mama. A organização ficou por conta da Fundação Susan G. Komen for the Cure. Aos poucos, a ideia foi crescendo e ganhou mais adeptos, espalhando-se pelo mundo.

No Brasil, o Instituto Nacional do Câncer José de Alencar Gomes da Silva (Inca) passou a aderir ao movimento em 2010, com a distribuição de materiais informativos, principalmente para as mulheres estarem atentas a qualquer alteração nas mamas.

Cidadãos, empresas e representantes do terceiro setor participam anualmente dessa causa, disseminando informações a respeito da necessidade das ações preventivas do câncer de mama.

Com isso, além de a cidade ficar mais bonita em outubro com a iluminação rosa nos espaços, monumentos e prédios, muitas pessoas se engajam também pelas redes sociais, participando de caminhadas e outros eventos. Há, ainda, ações em empresas, como a escolha de um dia de outubro para que os colaboradores utilizem uma peça de roupa rosa.

Quais os objetivos da campanha?

As ações do outubro rosa buscam aumentar as taxas de cura do câncer de mama, que tem alta incidência entre as mulheres. O objetivo é aumentar o rastreamento e a detecção da doença em seu estágio inicial, garantindo intervenções menos agressivas e mais sucesso no tratamento.

Por isso, a cada ano, a ideia é que mais pessoas conheçam o movimento e estejam engajadas nessa causa para que as informações a respeito da doença alcancem o maior número de mulheres.

Qual a importância das ações preventivas do câncer de mama?

Por que se fala tanto da prevenção do câncer de mama? Porque a doença é considerada o tipo mais comum de câncer entre o público feminino, perdendo somente para o de pele não melanoma.

De acordo com dados do Inca, esse tipo de tumor é responsável por cerca de 29% de novos casos da doença que surgem todos os anos no Brasil. No ano de 2018, o Instituto estimou 59.700 novos casos de câncer de mama no país.

Outro ponto a se destacar é que existem vários tipos da doença, com manifestações e evoluções diferentes. Desse modo, é imperativo que a mulher esteja atenta às mudanças de seu corpo e siga as recomendações médicas, realizando os exames preventivos para sua faixa etária ou de acordo com o histórico de saúde da família.

É, portanto, necessário que a sociedade se mobilize com iniciativas, como o outubro rosa, para que a detecção precoce da doença seja lembrada não apenas no mês da campanha, mas durante todo o ano.

Os exames para prevenir a doença são:

  • autoexame das mamas: é realizado em casa mesmo. A recomendação é que seja feito uma vez por mês por mulheres a partir dos 20 anos;
  • mamografia: exame de imagem rápido, não invasivo e que pode detectar a doença em estágios iniciais. O Inca recomenda que seja feito, anualmente, a partir dos 50 anos se não houver alterações ou casos de histórico de doença na família;
  • ultrassom das mamas: exame de imagem rápido e não invasivo que pode complementar a mamografia. Indicado para mulheres com mamas mais densas ou pacientes mais jovens com risco maior para o câncer de mama.

Como identificar a doença?

A mulher precisa estar bem informada sobre o câncer de mama para se cuidar, conhecendo, por exemplo, os sinais da doença. Assim, pode identificar alguma alteração suspeita e procurar ajuda médica mais rapidamente.

Veja, a seguir, os sintomas da doença que podem ser observados com o autoexame das mamas:

  • caroço fixo palpável nas mamas. Pode ser considerado o sintoma mais comum, já que aparece em cerca de 90% dos casos, de acordo com os dados do Inca;
  •  mudanças no aspecto do mamilo;
  • nódulos na axila ou no pescoço;
  • alterações na pele da mama, como manchas, áreas mais avermelhadas ou ainda com aspecto de casca de laranja;
  • líquido anormal saindo dos mamilos.

É importante salientar que esses sintomas podem, em muitos casos, indicar manifestações benignas da doença, mas, para tirar a dúvida, é imprescindível procurar ajuda médica. Dessa maneira, caso seja confirmado o diagnóstico de câncer, é possível dar início ao tratamento.

Porém, não adianta somente observar o próprio corpo e aspectos das mamas, porque, em muitos casos, o tumor surge sem fazer alarde, ou seja, não traz nenhuma modificação nas mamas ou causa dor. Desse modo, os exames preventivos não podem ser negligenciados.

Quais os fatores de risco para o câncer de mama?

Além de conhecer os sintomas, é necessário também entender alguns dos fatores de risco da doença:

  • Idade: o risco é maior após os 50 anos;
  • Questões genéticas: correspondem a 5% a 10% dos casos da doença;
  • Radiação: exposição excessiva à radiação, como de exames de raio-X ou tomografia computadorizada;
  • Hábitos: uso de álcool, cigarro, sobrepeso e obesidade;
  • Aspectos endócrinos: estímulo do estrogênio, produzido pelo próprio organismo ou por reposição hormonal prolongada.

Agora, você já sabe por que é preciso conhecer mais sobre o câncer de mama e, dessa forma, prevenir-se. Esse é o intuito do outubro rosa, uma campanha mundial de conscientização da população sobre a importância da detecção precoce da doença.

Se você tem alguma dúvida sobre o câncer de mama e sobre os exames preventivos, entre em contato com a Oncomed e receba todos os esclarecimentos!

Você também pode gostar

Deixe um comentário

Open chat
Marque sua consulta pelo WhatsApp!