O que não falar para um paciente oncológico? Descubra

paciente oncológico
6 minutos para ler

Não é novidade que o diagnóstico de um câncer é sempre um momento difícil na vida de uma pessoa, embora os tratamentos estejam muito mais precisos e o prognóstico para o desenvolver da doença seja muito melhor do que era há alguns anos. No entanto, você sabe o que não falar para um paciente oncológico?

Familiares, amigos e, até mesmo, profissionais de saúde precisam ter muita delicadeza e bom-senso nessas situações. O ideal é conseguir oferecer as informações relevantes, mas tomando o cuidado para não gerar algum tipo de desconforto ou relembrar sentimentos ruins. Continue lendo o post e descubra o que não dizer para essas pessoas.

“Pense de maneira positiva”

Um conselho muito comum que costumam falar para um paciente oncológico é no que diz respeito ao pensamento positivo e à maneira pela qual devemos encarar momentos difíceis. A própria medicina vem observando e reconhecendo que, naturalmente, um comportamento mais otimista tende a oferecer melhores desfechos nas mais variadas doenças.

No entanto, isso deve partir da própria pessoa, e não dos outros. Comentar sobre o assunto, especialmente, com quem não temos muita proximidade, pode causar um sentimento inapropriado de culpa, sobretudo, se as coisas não correrem bem. É muito mais interessante dizer que você estará disponível para ouvir e presente para o que for necessário.

“Nossa, mas você é tão jovem”

Não é novidade para ninguém que boa parte dos tumores acaba tendo uma incidência mais elevada em indivíduos mais idosos, por conta da própria fisiologia do envelhecimento e enfraquecimento das defesas do organismo. Mas o fato é que um tumor pode, sim, surgir em qualquer faixa etária.

A verdade é que todos nós estamos sujeitos a passar pelo diagnóstico. Por isso, é preciso parar de encará-lo como um derrota, até porque existem tratamentos cada vez mais eficazes, e os prognósticos são muito melhores do que há alguns anos. Se a sua intenção for elogiar, busque outros atributos, além da idade.

“Fulano teve a mesma doença”

Definitivamente, uma das coisas que não devemos falar para um paciente oncológico é que alguém que conhecemos teve a mesma doença. Para início de conversa, os tumores são altamente variáveis e muito específicos, o que implica que, ainda que estejam no mesmo local e com um estadiamento similar, não se trate exatamente da mesma patologia.

Não importa se a intenção é boa, ou até se o seu conhecido se curou e está bem: só aborde o assunto se a própria pessoa der a entender que quer conversar com alguém que passou por um quadro similar ou pelos mesmos procedimentos. Não podemos minimizar e, muitas vezes, sequer compreender ao certo o sofrimento pelo qual alguém está passando.

“Eu sei o que você está sentindo”

Esse é mais um dos erros comuns que alguém pode falar para uma pessoa com câncer. Ainda que você já tenha passado por uma situação similar, você não sabe o que o outro está sentindo, assim como ele não sabe o que você sentiu. Qualquer quadro oncológico é único, não apenas pelas características da patologia, como as do próprio paciente.

É muito mais recomendável apenas perguntar como o outro está se sentindo, bem como o que você pode fazer para ajudar naquele momento. Também vale lembrar que não é hora de dar informações ou dicas sobre tratamentos não comprovados: conte com um médico de confiança e instituições com boas credenciais.

“Nem parece que você tem câncer”

Essa frase pode ser mais uma tentativa de incentivar, e vir com o máximo de boa vontade. No entanto, ela também não é uma proposição interessante, pois o fato de ter câncer não implica que a pessoa terá que ficar com uma aparência ruim e sem nenhuma saúde. Sobretudo, nos dias de hoje, felizmente, é possível manter uma boa qualidade de vida.

Embora os tratamentos de quimioterapia e radioterapia possam trazer efeitos adversos indesejáveis, nem sempre a pessoa precisará perder os cabelos, emagrecer ou ficar abatida. E, ainda que fique, boa parte dos efeitos colaterais são transitórios e poderão regredir com o passar do tempo. Se você não é um consultor de imagem melhor não agir como um – mesmo que seja, melhor evitar.

“Conheço alguém que morreu disso”

Poucas frases podem ser tão infelizes para um paciente oncológico como essa. Quando alguém sabe que tem um tumor, o mais indicado é ter esperança e compreender que é um problema sério e doloroso, mas que pode ser encarado de forma leve e tranquila.

Fuja da tentação de lançar frases clichês e se concentre em dar o apoio de que a pessoa precisa, e não o que você deseja oferecer. Cuidado para não sufocar com o seu sentimento de angústia e, se você estiver em dúvida ou não souber como agir, é muito mais sensato falar “não sei o que dizer” e proporcionar conforto apenas com a sua presença.

“Você não deveria estar comendo isso”

Por fim, um dos piores cenários que você pode conferir para um paciente oncológico é tentar ficar dando “palestras” sobre o tema, falando sobre a incidência da doença em fumantes ou em quem se alimenta mal, por exemplo. Se você não for médico, jamais faça isso e deixe as dicas para os profissionais que entedam do assunto.

Principalmente por conta da internet, todos sempre têm alguma opinião ou “pitaco” para falar. Mesmo que a pessoa esteja ingerindo uma comida que você julgue não ser das melhores, lembre-se de que o tema pode já ter sido discutido com o oncologista, e essa é uma decisão que deve ser tomada por eles: médico e paciente.

Essas são algumas das frases que não são aconselhadas a falar para um paciente oncológico. Tenha sempre em mente que o mais importante é oferecer apoio e contar com o acompanhamento constante de um bom médico especialista.

Agora, você já sabe o que não deve falar para um paciente oncológico! Gostou do post? Tem alguma dúvida ou sugestão? Então, não deixe de fazer um comentário no blog!

Você também pode gostar

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Marque sua consulta pelo WhatsApp!