Queda de cabelo e touca: como melhorar a autoestima durante o tratamento de câncer

queda de cabelo e touca
5 minutos para ler

Com o avanço constante da tecnologia na medicina, as formas de tratamento ao câncer estão cada vez mais eficazes — o que inclui desde as possibilidades de diagnóstico até o tratamento em si. Em relação às possibilidades de intervenção em busca da cura, as opções existentes hoje visam não apenas a garantir a erradicação da doença, mas também a promover o bem-estar e a qualidade de vida do paciente, o que inclui a parte física e também a emocional.

É nesse contexto que estão relacionadas queda de cabelo e touca térmica. Como você já deve ter notado nas pessoas em tratamento oncológico, a queda dos fios é um efeito colateral bastante comum, causado pelos medicamentos, mas a touca pode ajudar os pacientes e impactar positivamente a sua autoestima.

Em consequência, com o paciente se sentindo melhor consigo mesmo, até os resultados do tratamento podem ser mais positivos. Para saber mais sobre a queda de cabelo, a touca e outras questões relacionadas ao assunto, continue a leitura deste texto!

O que é a touca térmica utilizada no tratamento de câncer?

Em um primeiro momento, quando pensamos em touca térmica, pode vir à mente uma touca que aquece a cabeça, não é mesmo? Mas, nesse caso, é exatamente o oposto: a touca é, na verdade, uma touca de resfriamento, que vai diminuir a temperatura do couro cabeludo, ajudando a evitar a queda dos fios.

Isso acontece porque, ao reduzir essa temperatura para uma média de 11ºC, ocorre uma vasoconstrição da região, ou seja, a circulação sanguínea do couro cabeludo diminui bastante. Dessa forma, os medicamentos que são usados na quimioterapia não chegam ao couro caeludo, assim, espera-se que não haja danos significativos no folículo capilar.

Como funciona?

A touca térmica está acoplada em uma serpentina que sai diretamente de uma caixa de resfriamento. Para que o resultado seja melhor, é importante que ela seja colocada no paciente 30 minutos antes do início da sessão de quimioterapia e que ela fique na cabeça durante todo o procedimento, além de cerca de 90 minutos depois.

Também é relevante que ela seja utilizada em todas as sessões de quimioterapia. Vale lembrar, inclusive, que o paciente pode ficar tranquilo com o uso do objeto, lendo, relaxando, indo ao banheiro ou fazendo qualquer outra atividade que ele faria durante a sessão se estivesse sem a touca.

Quais são os efeitos da touca?

A grande maioria dos pacientes não apresenta queixas a respeito do uso da touca, exceto um desconforto inicial e uma sensação de frio intenso aos quais é possível se adaptar sem problemas. Além disso, os fios podem ficar mais frágeis e ralos e não devem ser lavados com muita frequência.

Quais são as contraindicações?

Os bons resultados do tratamento do câncer e também do uso da touca vão variar de acordo com diversos fatores, como o tipo e o estágio da doença, as condições físicas do paciente e, até mesmo, o tipo de cabelo.

É por isso que somente a partir de uma conversa com o médico é que será possível definir a utilização (ou não) da peça durante as sessões.

Por que, afinal, ocorre a queda de cabelo durante o tratamento?

Como dissemos, os medicamentos utilizados na quimioterapia são os responsáveis pela queda dos fios durante o tratamento. De forma bastante resumida, eis o que ocorre: a quimioterapia, que é feita para atacar as células do câncer, acaba atingindo todas as células do organismo que têm um comportamento semelhante — ou seja, as da raiz do cabelo, que acabam se enfraquecendo e causando a queda dos fios. O mais comum é que o cabelo comece a cair cerca de duas semanas após o início do tratamento e que o seu crescimento volte ao normal ao fim das sessões de quimioterapia.

Quais são as consequências da queda dos fios para o paciente?

Muitos pacientes oncológicos se adaptam bem ao uso de lenços, perucas e chapéus, tornando os acessórios uma parte até mesmo leve das suas rotinas. Mas, para algumas pessoas, a queda dos fios pode acabar por afetar a autoestima — em maior ou menor grau.

A importância de contar com uma equipe especializada

O apoio da família e o de um local preparado são fundamentais para que fatores psicológicos não interfiram de forma negativa no tratamento do paciente. Além disso, um centro oncológico especializado, com uma equipe multidisciplinar completa, é capaz de oferecer tudo de que o paciente precisa também em relação à estrutura. A touca hipotérmica é um desses exemplos.

A Oncomed tem a peça e o seu uso é indicado pelo médico com base nos fatores singulares de cada caso. Vale lembrar que essa é uma tecnologia recente e que não existe total garantia de que os fios não vão cair ou cairão menos. Afinal, como dissemos, cada organismo vai reagir de modo diferente aos medicamentos.

Agora, você já sabe qual é a relação entre queda de cabelo e touca térmica no tratamento oncológico. Lembre-se sempre de conversar com o médico responsável e tomar as melhores decisões de acordo com cada realidade.

Quer saber mais sobre como a Oncomed pode ajudar no seu tratamento oncológico? Entre em contato com a nossa equipe!

Você também pode gostar

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Marque sua consulta pelo WhatsApp!