Por que cuidar dos rins?

saúde dos rins
4 minutos para ler

A saúde dos rins é um tema que costuma passar despercebido por grande parte das pessoas. Na maioria das vezes, esses órgãos somente recebem atenção quando algo já não anda bem. Entretanto, assim como todas as outras engrenagens que mantêm o nosso organismo funcionando, os rins são essenciais, não apenas para seu bom funcionamento, mas também para garantir qualidade de vida por muitos anos.

E você, tem cuidado dos seus rins? Afinal, por que eles são tão importantes? Como manter a saúde desses órgãos sempre em dia? Acompanhe a leitura para conferir todas essas respostas!

Qual é a função dos rins?

Em poucas palavras, podemos dizer que os rins são os responsáveis por controlar a concentração de substâncias em nosso sangue. É nos rins que a urina é formada para, em seguida, eliminar tudo o que o corpo não precisou, além de toxinas. Os rins também ajudam a regular a pressão sanguínea e a produção de glóbulos vermelhos.

Quais são os problemas mais comuns que afetam os rins?

Se você nunca teve uma infecção urinária, certamente conhece alguém que já sofreu com esse problema. A doença, na verdade, começa na bexiga, mas pode evoluir para os rins, tornando-se ainda mais grave.

O cálculo renal também é famoso pela dor que provoca. Ele acontece quando as substâncias e minerais não conseguem ser eliminados e se acumulam nos rins, formando verdadeiras pedras.

A nefrite (uma infiltração na parte responsável pela filtração), a obstrução urinária, a insuficiência renal e os tumores malignos também são doenças que podem acometer os rins.

Quais são os principais cuidados com a saúde dos rins?

Como você pode verificar, os nossos rins são tão essenciais quanto suscetíveis a doenças. Mas não se preocupe, pois atitudes simples e fáceis de serem colocadas em prática no dia a dia podem ajudar você a proteger esses órgãos tão importantes. Veja só!

Reduza o consumo de sal

O sal é um grande vilão do nosso organismo, causando males não apenas para a pressão sanguínea (o mais conhecido), mas também para os rins. Na verdade, a hipertensão e o acometimento dos rins, devido ao excesso do sal, estão interligados. Isso porque, se não tratada corretamente, a pressão alta (assim como o diabetes), pode levar à falência dos rins. Além disso, o sal tem o poder de reter mais água, o que faz com que os rins trabalhem sob mais pressão.

Beba muita água

Manter-se hidratado é fundamental para que os rins possam fazer a sua função de filtragem. Uma dica para saber se você está bebendo água o suficiente, é conferir a cor da urina: amarelo escuro é sinal de alerta — tanto para aumentar a ingestão de água quanto para sinalizar de que algo pode estar errado.

Cuide do peso

Os nossos rins têm uma determinada capacidade relacionada ao peso e altura do corpo, por isso, é importante manter o seu Índice de Massa Corporal (IMC) dentro dos parâmetros saudáveis. Além disso, a obesidade está diretamente relacionada, em muitos casos, com a hipertensão e o diabetes — que, como já vimos, são inimigos da saúde dos rins.

Visite o médico regularmente

Como dissemos no início deste texto, muitas vezes somente procuramos um médico para cuidar dos rins quando aparece alguma dor. E, geralmente, isso é sinal de um problema já instalado. Por isso, a medicina preventiva é tão importante: por meio dela, é possível obter diagnósticos precoces, o que ajuda no tratamento e na recuperação de possíveis problemas.

A saúde dos rins é essencial para o funcionamento do nosso corpo, e hábitos simples podem manter esses órgãos funcionando corretamente por muitos anos. Por isso, cuide da alimentação, capriche na hidratação e fique atento às alterações na urina.

Gostou das dicas? Então, curta a página da Oncomed no Facebook para estar sempre por dentro de conteúdos como este!

Você também pode gostar

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Marque sua consulta pelo WhatsApp!