Tenho câncer. E agora? Saiba o que fazer após o diagnóstico

tenho câncer e agora
5 minutos para ler

“Eu tenho câncer. E agora?” Essa costuma ser a reação de quem recebe esse diagnóstico e, por mais delicado que seja o momento, a primeira medida a ser adotada é manter a calma e entender que existem tratamentos, possibilidade de cura em muitos casos e alternativas para manter a qualidade de vida.

A informação é fundamental para entender o seu quadro e saber o que é preciso para reequilibrar a sua saúde. Por isso, você precisará de uma boa equipe médica para dar-lhe suporte, mas também depende muito de você.

Será necessário adotar algumas medidas e mudanças em sua vida para passar pelo tratamento da melhor forma possível. Por isso, neste artigo mostramos o que fazer após receber o diagnóstico de câncer para manter o equilíbrio emocional e a rotina mais saudável. Confira!

Conte para a família e os amigos

Ficar sozinho agora não é o mais adequado porque o diagnóstico de câncer pode trazer fragilidade emocional e física. Então, conte para sua família e amigos próximos, a fim de construir uma rede de apoio para enfrentar a doença e lidar com outros detalhes da sua rotina.

Comunique o diagnóstico no trabalho

O trabalho pode ser afetado por conta da sua própria saúde ou até mesmo pelos tratamentos, dependendo do caso. Por isso, é fundamental informar seu quadro no local onde trabalha. Assim, você receberá o apoio da empresa nos dias em que precisará passar por consultas e procedimentos ou mesmo se houver a necessidade de se afastar por um período.

Converse com seu médico sobre tratamentos

Atualmente existem diversas opções de tratamento, por isso procure tirar da sua mente qualquer pensamento do tipo “estou com câncer e agora não tenho chances” porque não é verdade! Nos últimos anos houve muitos avanços na medicina e na área oncológica, o que proporcionou o aprimoramento de procedimentos variados, considerando, inclusive, as características do tumor e a genética.

Converse com o seu médico sobre essas opções de tratamento para adotar aquela que seja mais eficaz ou apresente menos efeitos colaterais, favorecendo sua qualidade de vida. Mas procure sempre consultar o especialista, evitando outras fontes.

Pesquisar sozinho pode fazer você acreditar em informações equivocadas. Também não é uma boa alternativa porque cada caso apresenta suas particularidades e o tratamento será específico para você.

Prepare-se para dar início ao tratamento

O tratamento de câncer pode produzir efeitos colaterais, podendo ser mais sutis ou mais intensos. Conversar com o médico é fundamental para entender esses efeitos e saber como lidar com eles.

Peça ao profissional recomendações e instruções para amenizar os efeitos. Também defina como alguns aspectos deverão ser conduzidos durante o tratamento. Veja a seguir alguns pontos que precisam de atenção.

Rotina

Sua rotina precisará mudar um pouco por causa do tratamento e de possíveis efeitos colaterais. Então, defina como tudo vai acontecer agora, o que você pode continuar fazendo, o que precisará de ajuda, a possibilidade de fazer trabalho remoto, entre outros fatores de sua rotina.

Alimentação

Seu organismo precisará de uma alimentação balanceada para você passar melhor pelo tratamento e manter o equilíbrio da sua saúde. Mais uma vez, converse com seu médico sobre a melhor dieta e procure segui-la com disciplina para favorecer sua recuperação.

Lazer

Momentos de lazer serão fundamentais para manter o equilíbrio emocional e psicológico, mas pode ser necessário adequar as atividades à nova condição. O ideal é continuar tendo essas horas de distração para aliviar o estresse e a ansiedade.

Convívio social

Também é bastante comum que esse diagnóstico desperte nas pessoas pensamentos como “estou com câncer e agora as pessoas vão se afastar” ou “estou com câncer e agora não sou uma boa companhia”. Isso pode levar ao isolamento social, então, não deixe que isso aconteça com você!

Conviver com os amigos, a família e mesmo pessoas estranhas é muito importante para manter essa rede de apoio e levar uma rotina com o máximo de naturalidade possível. Assim, o ideal é adequar a sua rotina e não deixar de realizar suas atividades.

Caso você receba esse diagnóstico, procure pensar: “estou com câncer e agora as coisas vão mudar. Vou precisar de uma rotina saudável e de atenção redobrada com minha saúde, além de me manter próximo das pessoas que amo”. Com essa atitude madura e equilibrada, somada ao suporte de bons especialistas, você passará por esse momento com mais tranquilidade.

Não se esqueça de que o suporte para seu tratamento e as informações precisam vir de especialistas. Se precisar, entre em contato com a Oncomed BH e converse com a nossa equipe.

Você também pode gostar

Deixe um comentário

Open chat
Marque sua consulta pelo WhatsApp!